Os Instrumentos Mortais: Cidade de Vidro - Cassandra Clare | O Garoto que Roubava Livros #1


"Simon sentiu os ombros enrijecerem e imaginou se alguma coisa poderia diluir o ressentimento que sentia por Jace. Não queria sentir, mas lá estava, uma pedra pesando no coração que não batia."
 Livro: Os Instrumentos Mortais: Cidade de Vidro
Autor(a): Cassandra Clare
Volume: 3
Editora: Galera Record


 Eu devia ter postado a resenha do volume 1 de Os Instrumentos Mortais, mas eu não tenho, tanto que tive que pegar o livro na biblioteca da minha cidade para ler, depois ler o PDF do livro na internet (não Shuu, na areia...) e terminar de ler na biblioteca (pra você ver o quanto que eu amei.).
 O volume 2 eu tenho e li (é óbvio, quem iria começar a ler uma série logo do 3º volume?), porém, eu não tinha o blog na época então eu acabei esquecendo partes do livro. Mas, é claro que eu voltarei a ler e postarei as resenhas em sequência decrescente (3º, 2º e 1º volume), e conforme eu for obtendo o resto da série eu vou postando normalmente em sequência crescente. Então, vamos a primeira resenha do blog.

 Rezei muito para que alguns shipps não se concretizassem durante a série, porém se concretizou. Só sei que sempre serei leal a #malec e sempre serei 💜.


 Desde o começo eu senti que Clary se mostraria uma garota forte. Decorrente de alguns acontecimentos, descobri que isso era de fato verdade. Eu amo aquelas mulheres que se mostram frágeis e inseguras por fora, mas dado o momento certo fazem qualquer rei se ajoelhar perante sua bravura (estilo Hinata Hyuuga). Neste livro, Clary irá precisar ao máximo dos seus amigos para vencer um mal, Valentim.



"- Se você está sendo castigado, então eu também estou. Porque todas essas coisas que sentiu, eu também senti."
 Mais forte do que nunca, Valentim está determinado a matar qualquer ser vivo que se opor aos seus ideais e pior, cruzar o seu caminho. Eu nunca odiei tanto um personagem como o Valentim (além dele, só o Jace mesmo ljkjkljkljkljkl). O pior é que ele não usa seu coração nem mesmo quando vê a própria "filha" se opondo a ele. Ele luta mano a mano contra sua ela sem nem ao menos pensar no quão horrível ele é por isso.


"As pessoas não nascem boas ou ruins. Talvez nasçam com tendências a um caminho ou outro, mas é a maneira como se vive a vida que importa. E as pessoas que conhecemos."
 Alec continua quase a mesma pessoa, frio, calculista, maduro, pronto para proteger sua família com a própria vida, sempre fazendo jus ao lema "Eu não brinco em serviço". Porém, até as pessoas mais frias possuem sua fonte de luz, aquilo que aquece seus corações e as tornam pessoas completamente diferentes. Cada vez mais a responsabilidade como o mais velho do grupo aumenta e logo ele é chamado para assumir um posto de alto nível, o que faz com que alguns problemas surjam ainda mais.

"- E eu tenho que ficar parado enquanto você namora outros, se apaixona por outra pessoa, se casa...? E enquanto isso, eu morro um pouco mais a cada dia, assistindo."
 Isabelle, a patricinha do grupo, vista como uma das mulheres mais "frágeis" por muitas outras pessoas, assume uma personalidade forte e pronta para receber qualquer desafio e mostrando-se párea para sobreviver a qualquer um que ouse desafiá-la. Ela se torna um marco em uma parte do livro de arrasar qualquer coração e fazer as lágrimas caírem sem parar. Neste livro ela descobre que a vida de curtição não é para sempre (o que me deixou bem feliz).

"- Tchau - disse ele, e se inclinou como se fosse beijá-la na bochecha, colocando o cabelo dela para trás com uma das mãos. Então, parou e recuou, a expressão confusa. Ela franziu o rosto como se estivesse surpresa, mas ele já tinha ido, ela ouviu a porta bater ao longe."
 Max, aquele menino adorável que sempre intrigou muitos leitores por já conseguir integrar oficialmente no mundo dos Caçadores de Sombras, continua sendo o mesmo de sempre, amante de HQs, dono de uma bravura beeem precoce (não é atoa que ele não é um mundano, porque se fosse já teria corrido de medo desse mundo tão interessante e misterioso).

"Ela quase não queria olhar para ele, mas, para seu alívio, quando o fez, a tristeza não estava mais lá."
 Simon, aquele garoto que um dia foi visto como o mais idiota até mesmo para os Caçadores de Sombras, se tornou um grande guerreiro e ajudou muito Clary em sua trajetória até a descoberta de si mesma. Agora um ser das noites, Simon precisa treinar para controlar seus anseios e descobrir o seu verdadeiro potencial em meio a pessoas completamente diferentes de tudo que já havia visto... como mundano, pelo menos.

"Não havia alguma espécie de código masculino que excluía esse tipo de discussão, discussão sobre sentimentos?"
 Jace, o personagem que eu, particularmente, mais odeio nos livros de Cassandra Clare, se tornou um personagem mais que necessário para que a trama continuasse. Mas, tenho fé de que conseguirei sentir pelo menos um pingo de afinidade por ele até, pelo menos, As Crônicas de Bane. Jace descobriu coisas que o fizeram pensar quem realmente ele era de fato. As sombras logo derrubaram-no com uma rasteira, e seu passado não só voltou para assombrá-lo, mas para matá-lo.

"- Não dá para fingir. Eu amo você, e vou amar até morrer, e se houver vida depois disso, vou amar também."
 Alicante virou de cabeça para baixo com a vinda desse pessoal mais que especial. Caçadores de Sombras, demônios, anjos, elfos, vampiros, lobisomens e muito mais, esses serão os obstáculos destes protagonistas. Eles precisam estar mais unidos do que nunca, antes que o inimigo vença essa maldita guerra contra seu próprio povo.



 Este projeto se chama O Garoto que Roubava Livros. Eu o criei para que meus anseios por ler tivessem algum propósito, mostrar ao mundo aquilo que mais me encanta, que é de fato ler. O maior apoio virá de mim e preciso que vocês me apoiem também nessa jornada que estou prestes a desbravar. Espero que este projeto dure um boooom tempo, e eu juro que não desistirei dele por nada.

Beijos,
Shuu.


------------------------------
Blog By Banshuu

Banshuu TV
-----------------------------

Comentários

  1. Li a resenha um pouco por cima, pois nunca li nenhum livro dessa série. Eu sei que, se eu começar, vou gostar, pois o tema parece incrível. Só que eu já tenho muios vícios para arranjar mais um, por enquanto haha. Adorei a foto de capa do post! *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lua, você vai amar o livro (e vai chorar muito também em muitos momentos). Vindo de você é algo muito especial º-º

      Excluir

Postar um comentário

Popular Posts