Redações do Shuu #8: O que torna um ser humano


 O que torna um ser em humano é o fato de que ele não consegue parar de cometer erros, e a maioria desses erros afetam não somente ele, mas todo o resto das pessoas ao seu redor. Quando o assunto é o Apartheid, é preciso afirmar que os erros dos "arianos" (brancos) ocasionaram em séculos de preconceito e racismo, tanto que até hoje se encontra pessoas racistas no mundo (a vá, é mesmo?). As leis de segregação racial eram tão rígidas que fizeram com que quase o mundo inteiro ficasse cético quanto ao papel e poder do negro na sociedade.
 Bantustões, de antigamente, se tornaram o que hoje em dia chamamos de "favelas". Banheiros, praças, escolas, centros de cidades, profissões, ônibus, entre outros, pararam de serem separadas entre os brancos e os negros.
 É possível dizer que o racismo e o preconceito acabaram? Não! Mas, é possível dizer que o número de casos de racismo vêm diminuindo de pouquinho a pouquinho. Ainda precisará vir muitas décadas de convivência nesse mundo para que se possa realmente dizer que a discriminação acabou, mas o ser humano pode encurtar décadas para dias se simplesmente deixar de lado o que aprende em sites e revistas para ouvir de outras pessoas suas opiniões e o que fariam para mudar o mundo, para que de si mesmo venha algo que possa mudar esse mundo de bom para melhor. O que deve ser igual nesse planeta não são as pessoas, mas sim os direitos de poder viver nele como uma pessoa.

Comentários

Popular Posts