De álbuns a poesias nº3. Courage My Love, Álbum: Becoming.


Courage My Love
Álbum: Becoming.

"Eu construí um navio,
Era grande e boiava no mar.
Queria apenas um amigo,
Para ao horizonte me levar.

Meu pai me ajudou a refinar a madeira,
Para poder ajustá-la uma à outra.
Minha mãe jogou água na areia,
E assim se formou uma linda lagoa.

Tinha amigos que iam à minha casa,
Para brincar comigo e com meu navio,
A lagoa brilhava quando o Sol a iluminava,
E meu navio em mar aberto ficava lindo.

Um dia conheci uma garota na pracinha,
Era da escola e se chamava Alicia.
Sempre andava com uma fadinha,
E a amava e com muita carícia.

Um dia a chamei para brincar na minha lagoa,
E ela aceitou já que estava atoa.
Quando ela viu meu barco ela o queria,
Então eu o emprestei, pois queria ser sua amiga.

Mamãe fez sucos e papai grandes biscoitos,
Fez sorrisos em uns e roupinhas em outros.
Eu e Alicia viramos grandes amigas,
Eu amava ela e para sempre a queria.

Até que nós crescemos e já estávamos no ensino médio,
Mudanças ocorreram, e a maioria me deixava com tédio.
Alicia e eu continuávamos juntas, isso nunca mudaria,
Era tudo tão bom que nunca pensei que perderia minha amiga.

Era tarde na minha escola,
Quando Alicia e eu resolvemos ir embora.
Ela disse que queria me levar para um lugar,
E dependendo do jeito dela, achei que iria me assustar.

Fomos a um bosque muito lindo, com flores esbravejantes,
E no chão do bosque havia um pano cheio de comidas encima.
Percebi que era um piquenique e ela disse que comeríamos em instantes,
Mas antes tinha que me mostrar algo que a muito tempo eu não via.

Era o meu navio, o que fiz à anos atrás,
Ela me deu com carinho e depois um selinho.
Fiquei paralisada por segundos e algo mais,
Ela me pegou pelo braço e corremos com o navio.

Chegamos numa encosta,
Estávamos de cara com o mar.
Havia alguns peixinhos no mar a mostra,
Ela pegou minha mão e começou a me beijar.

Era um beijo calmo, perfeito e delicioso,
Me sentia bem, pois era minha amiga.
Acabamos deitando na encosta, tudo bem silencioso,
Contava piada e ela sempre ria.

Saímos do bosque depois que arrumamos tudo,
Pegamos o mesmo caminho de volta para o meu bairro.
Enquanto voltávamos percebi que meu casaco estava imundo,
Então nós paramos e eu a guardei para depois lavá-lo.

Enquanto nos distraíamos, algo ocorreu,
Um carro em alta velocidade não conseguia parar.
Tão rápido que Alicia nem conseguira desviar,
E infelizmente o pior aconteceu.

Me lembro da última vez que gritei seu nome,
Não foi quando a vi do outro lado da rua,
Nem quando a chamava enquanto brincávamos de esconde-esconde,
Mas sim quanto não conseguia mais vê-la em meio ao farol mais aceso que a Lua.

E eu acordei, numa cama de hospital que parecia estar vazio,
Mas depois ficou movimentado quando meus pais chegaram.
Olhei para os rostos deles e neles não existia nenhum sorriso,
E veio a notícia, Alicia havia morrido.

Suportar o seu amor te deixar dessa forma?
Como sem me ajudar a aguentar?
Me vejo abatida e de pouco em pouco meu olho entorna,
Essa lágrimas são tão difíceis de aguentar que fazem meu rosto queimar.

Um sentimento de eco em seu coração,
Absolutamente ninguém para lhe estender a mão.
Ninguém para dar razão a um amor,
Que floresceu do nada como uma flor.

Ninguém para me acalmar ou dizer que está tudo bem,
Talvez porque eu sei que quem dissesse isso estaria mentindo,
O que falta dentro de mim agora é aquele alguém,
E pela primeira vez eu dormirei sem estar a sentindo.

Não sinto sua pele, não sinto sua energia,
Não sinto seu calor, não sinto sua vida.
Não a sinto dentro de mim, porque agora não há nada.
Fui obrigada, infelizmente, a ver meu navio ir embora."

Comentários

  1. Que lindo! Esse é segundo post que leio de poesias, tão bom ver as poesias na blogosfera. Eu que escrevo sei como é, então quando leio fico muito feliz sabe. Amei! Parabéns! Escrever poesias não é para qualquer um.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado ^^, espero muito encontrar outros blogs com a poesia como tema central <3

      Excluir
  2. Que legal, achei mto emocionante o texto em si. Parabens pelo blog.
    https://blogdajenny2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Brigaduuuuu <3 Agradeço demais pelas palavras ^^

      Excluir

Postar um comentário

Popular Posts