Redações do Shuu #5: Respeite a Fé dos Outros


 A intolerância religiosa existe desde os primórdios da Idade Média. O cristianismo dominou o mundo e as outras religiões foram obrigadas a se esconder por séculos e milênios. A bruxaria é a prática que mais foi perseguida pelo cristianismo. Bruxas como: Tituba, Sarah Good e Anne Sweet foram acusadas de terem conexões com o mais ignorantes dos espíritos (segundo alguns espíritas), o Diabo. De fato, as três eram bruxas, porém nem todas as bruxas fazem cultos ao Diabo, e nem todas as mulheres não-batizadas ou não-cristãs eram bruxas. por causa da ignorância do ser humano, muitos gatos foram lançados em fogueiras junto de suas donas ou donos, pois, naquela época, acreditava-se que os gatos eram usados pelas bruxas como um tipo de canal que as ligava com o demônio. Com todas essas matanças acontecendo, a bruxaria teve que se esconder de vez, e a luz da Lua... Nunca mais brilhou como antes.


 Mas, foi em 1960 que a bruxaria saiu de seu exílio e retornou vagando por todo o mundo e ganhando novos adeptos, até encontrar um homem que iria reviver a magia do mundo, Gerald Gardner. Gardner foi um adepto da bruxaria, conhecido mundialmente hoje em dia por ter criado a religião neo-pagã Wicca. A Wicca é uma religião envolvida pela natureza, as bruxas wiccanas usam de auxílio os elementos e têm como crença a existência de duas divindades, o Sol e a Lua. A Wicca tem como lei principal a Lei tríplice que diz: "Tudo o que fizer, seja bom ou ruim, voltará para ti três vezes mais forte".
Resultado de imagem para gif wicca
 Porém, a Arte não é a única religião que sofre discriminação dos outros, o espiritismo, candomblé e umbanda também sofre preconceito vindo de outras pessoas e religiões. "Macumbeiros", "batedores de tambor" são dois de vários nomes que os outros dão à essa religião.
Resultado de imagem para gif voodoo
 Os cristãos gostam de "brincar de Deus", falando que todos que não irem para o caminho de Deus será condenado a arder no fogo do inferno, mas não é bem assim. "Céu e inferno" são termos criados pelo próprio homem para catequizar os indivíduos que habitam o Brasil à séculos atrás. Os cristãos viram que os indígenas acreditavam em outros deuses além de Elohim (Deus cristão), portanto, por não existir uma forma melhor do que, eles criaram esse conceito de "céu e inferno". Após os indígenas descobrirem que eles iriam para o "inferno" se continuassem sendo pagãos, aceitaram a sua catequização e esqueceram seus deuses e sua natureza.
 As pessoas tentam mudar umas as outras sem elas quererem. O que todos devem fazer é respeitar uns aos outros da mesma forma como querem ser respeitados.

0 Comentários